Condução econômica


  • Mantenha os pneus sempre com a pressão correta, de acordo com o manual do fabricante, pois pneus descalibrados fazem com que o veículo consuma mais combustível.

  • Procure não andar com os vidros abertos, esta ação proporcionará menor arrasto aerodinâmico do veículo, diminuindo sua perda de velocidade e melhorando o consumo.

  • Procure reduzir o uso do ar condicionado, deixando para ligá-lo apenas nas horas mais quentes do dia e desligando-o minutos antes de chegar ao seu destino.

  • Procure eliminar cargas desnecessárias no interior do veículo: quanto maior o peso no interior, maior o consumo.

  • Procure aproveitar ao máximo a velocidade do veículo, reduzindo as marchas em breves paradas como em semáforos e faixas de segurança. Quando menos o freio for usado, menor será o consumo de combustível.

  • Arranque suavemente. Os momentos de maior consumo são aqueles quando o veículo é colocado em movimento a partir do repouso (inércia). Desta maneira, quanto mais suave, mais econômica será a partida.

  • Procure desligar o veículo em paradas com tempo superior a 5 minutos.

  • Todo motor possui uma faixa de rotação ideal, onde nessa faixa o motor possui maior eficiência térmica e volumétrica. Rotações abaixo ou acima da ideal fazem com que o motor consuma mais que o necessário para a realização do mesmo trabalho.

  • Não conduza o veículo desengrenado. Os veículos com injeção eletrônica de combustível possuem um dispositivo chamado cut-off, onde o consumo é reduzido quando o veículo encontra-se engrenado e com o acelerador na posição de repouso. Caso o veículo ande “na banguela” haverá maior consumo para manter o motor em marcha lenta.

  • Esteja atento para a manutenção do veículo. Filtros de ar e combustível obstruídos, válvulas injetoras sujas, velas de ignição desgastadas e defeitos nos sensores e atuadores da injeção eletrônica poderão aumentar consideravelmente o consumo.​